Tag Archives: planeta

Camiseta Ecológica Atacado

A empresa Camiseta Feita de Pet é uma fábrica com sede em São Paulo que produz as camisetas ecológicas e sustentáveis com  altíssima qualidade e melhor preço.

Possui fabricação própria e tem em suas estampas que são exclusivas temas orgânicos, ecológicos, sustentáveis, naturais e de garrafas pet.

As peças são produzidas com silk screen, transfer e sublimação .

Aceitamos pedidos de camisetas personalizadas a partir de 20 unidades.

Estamos no mercado há 10 anos, e nossas camisetas ecológicas tem tecnologia que respeita o meio ambiente, uma prova disso é que utilizamos garrafas pet em nossa composição têxtil.

A coleção de Camisetas Ecológicas da Camiseta Feita de Pet  é feita exclusivamente de algodão e garrafa pet  e apresenta estampas inovadoras com mensagens ecológicas.

As  Camisetas em malha ecológicas fabricadas com 50% de fibras recicladas de garafas PET e 50% de algodão. Atacado e Varejo.

Confie a confecção de suas camisetas ecológicas a Camiseta Feita de Pet , afinal ela é  voltada ao atacado e varejo  e atende a diversas empresas que usam uniformes e camisetas ecológicas

Personalize Camisetas com sua logo.

E se você quiser comprar camiseta ecológica no atacado, temos diversos modelos de negócios que podem atendê-lo. Temos hoje revendas em todo o Brasil que vendem camisetas ecológicas e nossos produtos.

Faça uma cotação conosco: loja@camisetafeitadepet.com.br

 

Camiseta Ecológica Atacado

Camiseta Ecológica Atacado

Share

Camiseta Ecológica Atacado

A camiseta ecológica como já vimos tem na sua composição têxtil 50% de pet reciclado e 50% de algodão. Ela é considerada uma camiseta ecológica porque tira duas garrafas de dois litros do meio ambiente.

A Camiseta Feita de Pet vende camiseta ecológica no atacado a partir de 50 unidades.

Essa camiseta ecológica tem tecnologia que respeita o meio ambiente, reduz o impacto ambiental de plástico no meio ambiente, além disso, é confortável e duradoura.

Você que procura camiseta ecológica no atacado, pode escolher dentre 16 cores e mais de 15 modelos disponíveis para encantar os seus clientes.

Além disso, você ajuda a reduzir a emissão de poluentes no meio ambiente, trazendo desenvolvimento sustentável.

Você encontra camiseta ecológica no atacado, em nossa loja física, que fica na Rua Agostinho Cantu 47, loja 19B, No Butantã.

Nossa produção é feita toda em São Paulo, com equipamentos próprios e todo cuidado com o meio ambiente.

Temos também camiseta ecológica no atacado com estampas exclusivas, é um excelente produto, com muita qualidade, aqui você encontra temas veganos, frases populares, e camisetas para salvar o planeta.

Use camiseta feita de pet e compre conosco camiseta ecológica no atacado, é uma forma de vender produtos sustentáveis, com malha ecológica e contribuir para um planeta mais saudável.

Camiseta Ecológica Atacado

Camiseta Ecológica gatinho no fio azul marinho no atacado

Share

Existem muitas pessoas que fazem a diferença no mundo com pequenas ações

Boa tarde

Nós acreditamos  que sustentabilidade é um conjunto de ações.

È respeitar o próximo e  olhar o mundo com amor. Esse amor que deve ser estendido a todos os seres vivos.

Outro dia navegando  no facebook tivemos o privilégio de conhecer a história de Renata Cobo, que é biomédica, e faz um lindo trabalho de readaptação de animais que não conseguem andar, os chamados cãodeirantes.

E de graça!

Realmente conhecer esses trabalhos nos incentiva na caminhada.

Quer saber um pouco mais , dá uma passada no perfil dela no facebook:

https://www.facebook.com/renata.cobo

Renata Cobo, obrigada por fazer a diferença no mundo!

Cachorrinho atendido por Renata Cobo

A Camiseta Feita de Pet apóia as pequenas ações como a de Renata Cobo

 

 

A Camiseta Feita de Pet apóia as pequenas ações como a de Renata Cobo

A Camiseta Feita de Pet apóia as pequenas ações como a de Renata Cobo

Share

Dia mundial da água, há o que comemorar ?

Vamos renovar o planeta, hoje é dia mundial da água

Nesta quinta-feira (22) é comemorado o Dia Internacional da Água. Em 2012, o tema é Segurança da Água e da Comida, com a preocupação voltada para o aumento da população e a falta de recursos.

Cada ano tem um tema. Os últimos foram: Água para cidades (2011), Qualidade da Água (2010), Águas Transfronteiriças (2009) e Ano Internacional Sanitário (2008).

Desta vez, o que baliza os debates é a questão de que 7 bilhões de pessoas já habitam este planeta, e o número deve chegar a 9 bilhões até 2050. Cada uma consume, em média, 2 a 4 litros por dia.

Além disso, segundo o site das Nações Unidas para a data, consumimos ainda mais água ao comer, já que a produção de um bife ou de trigo consume muita água.

Para evitar o desperdício de água, a campanha visa tópicos como dieta sustentável, produtos que consomem menos água, redução de despedício e produção de comida usando menos água.

Sugestões do Menino Maluquinho para economizar água:

Tomando banhoVocê sabia que um dos recordistas de consumo de água no Brasil é o chuveiro? Um banho de 15 minutos gasta, em média, 130 litros de água. Se a pessoa for como eu, que toma banho todos os dias, vai consumir, em um mês, 3.900 litros!
Para economizar, basta reduzir o tempo do banho: cinco minutos são suficientes para lavar todo o corpo. Desligar o chuveiro enquanto se ensaboa ou lava o cabelo também é uma boa maneira de economizar. Viu como dá pra ficar cheiroso sem esbanjar? Agora, só não vale dizer que não vai mais tomar banho para economizar água, pois essa desculpa não cola mais!

Escovando os dentes
Esta dica todos conhecem, mas poucos praticam: quando estiver escovando seus dentes, deixe a torneira fechada! Gastamos, aproximadamente, 10 litros de água quando escovamos os dentes por cinco minutos com a torneira aberta. Para economizar, abra a torneira apenas para molhar a escova e enxaguar a boca.

Lavando a roupa
Na hora de lavar a roupa, o segredo para economizar água é deixar acumular peças e lavar tudo de uma só vez. Só ligue a máquina quando ela estiver cheinha. As roupas muito sujas devem ser deixadas de molho antes de serem lavadas, pois, com isso, a sujeira sai mais fácil e com menos água. Ao lavar no tanque, deixe sempre a torneira fechada enquanto ensaboa e esfrega as roupas.

Lavando a louça
Antes de começar a lavar a louça, devemos raspar os restos de comida e deixar de molho as panelas ou as louças muito sujas. Ensaboe tudo o que for lavar com a torneira fechada e abra a torneira apenas na hora de enxaguar. Ah! E lembre: nada de ficar pegando um copo limpo a cada vez que você for tomar água, pois, para cada copo que você suja, são necessários pelo menos dois outros copos de água para lavá-lo.

Lavando o carro e a calçada
Já ensinei pro meu pai como é fácil deixar o carro limpinho sem precisar gastar muita água. É só usar um balde de água de 10 litros para molhar o carro e mais uns três ou quatro para enxaguá-lo. Utilizar a mangueira para essa atividade gera um grande desperdício. O mesmo serve para as calçadas. Devemos usar a vassoura para retirar a sujeira e não o jato de água da mangueira!

Utilizando o vaso sanitário
Agora você vai dizer: “O Maluquinho tá mesmo maluco! Todos sabem como se usa a privada”. E eu digo que muita gente não sabe usar o vaso sanitário (vou dizer vaso sanitário que é mais chique, tá?) de forma adequada, sabe por quê? Porque muitas pessoas acham que o vaso sanitário é cesto de lixo e jogam papel, cotonetes, algodão, cigarros e mais um monte de porcarias dentro dele. Isso pode entupir o encanamento e fazer com que o lixo volte para a sua casa! Ui… que nojo! Outra dica: deixe a válvula da descarga sempre regulada e não fique apertando-a sem necessidade, pois isso gasta muita água!

Cuidando das plantas
Para cuidar do jardim, substitua a mangueira por um regador. Dessa maneira, você só joga água onde é necessário, não afoga as coitadas das plantinhas e fica mais perto delas. Isso mesmo, fica mais perto e dá mais carinho para as plantas, ou você acha que elas só precisam de sol e água?

Verificando os vazamentos
Vazamento é um problema! Uma torneira pingando, um cano furado ou uma válvula de descarga desregulada pode desperdiçar milhares de litros de água em um único dia. Certifique-se de que todas as torneiras de sua casa estão bem fechadas e funcionando direitinho e de que a válvula da descarga não está desregulada e soltando mais água que o necessário. Para verificar se existe algum vazamento, faça o seguinte teste: feche todas as torneiras e registros da casa e veja se os números do hidrômetro (aquele aparelho parecido com um relógio que mede o consumo de água) estão movendo-se. Se isso ocorrer, é sinal de que algum cano pode estar furado. Avise seus pais para que o problema possa ser resolvido com urgência!

Nós praticamos o consumo consciente, conheça o nosso projeto:

www.camisetafeitadepet.com.br

Share

A economia verde existe ?

Camiseta Plante essa ideia um produto da economia verde.

Muita se fala sobre a economia verde. Você sabe o significado desse termo ?

As palavras igualdade social, redução de riscos ambientais,  e redução da escassez Ecológica são  definições básicas sobre a economia verde.

Em termos mais simples significa produzir ( no sentido geral da palavra ) causando o menor impacto possível ao planeta e seus habitantes.

Será possível?

Uma matéria interessante da revista  Isto È Dinheiro, dá um show sobre o tema:

Economia verde pode salvar o planeta, afirmam especialistas:

O planeta esquenta, perde seus recursos naturais e – dizem alguns – está com os dias contados, mas inovações técnicas e a economia verde podem salvá-lo, garantem especialistas reunidos nesta quinta-feira, na Universidade Columbia, em Nova York.

Reunidos em teleconferência através de monitores conectados de Mônaco, Cidade do México, Pequim, Londres, Nairóbi e Nova Délhi, vários especialistas apresentaram um panorama alarmante da pobreza global e da degradação ecológica.

Pediram aos Estados Unidos e a outros países ricos que demonstrem liderança, por exemplo, investindo em tecnologia de captação de carbono e outros métodos de longo prazo para reduzir as emissões de gases causadores do efeito estufa.

No entanto, os países desenvolvidos, onde a poluição cresce rapidamente, também podem desempenhar um papel importante e, ao mesmo tempo, melhorar a qualidade de vida da população, tirando-a da pobreza, defendem.

“Desta forma, podemos alcançar a prosperidade, combatendo as mudanças climáticas – uma prosperidade que vai durar muito mais”, defendeu o presidente mexicano, Felipe Calderón, que falou da Cidade do México via teleconferência.

Calderón contou que o México tem planos ambiciosos para reduzir as emissões de carbono, reflorestar e gerar um quarto da demanda energética com fontes renováveis até 2012.

“Estou mais convencido do que nunca de que os primeiros países a mudar ganharão vantagens competitivas consideráveis”, disse o presidente mexicano.

Nitin Desai, do Energy and Resources Institute de Nova Délhi, afirmou que Índia e China, dois dos países com maiores índices de emissões de gases-estufa, são muito “pró-ativos” no desenvolvimento de tecnologias verdes.

Segundo Desai, que falou da capital indiana, as empresas começam a desenvolver um “enorme mercado” para a energia solar e outras fontes renováveis.

Os especialistas citaram inovações simples, como geradores de eletricidade à base de tração animal na Índia rural, ou a difusão em massa de telefones celulares na África como formas de se levar mais oportunidades para comunidades isoladas, ao mesmo tempo em que ajudam a tornar estas economias mais verdes.

Em maior escala, Achim Steiner, diretor-executivo do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), disse que a África deveria deixar de ser considerada uma “mina” pelos países ricos e, ao contrário, voltar seus recursos para indústrias sustentáveis.

“Agricultura, turismo, recursos naturais, silvicultura: estes são os motores da economia hoje. Portanto, vamos mudar ao invés de deixar que outros tirem de nós”, disse Steiner, falando de Nairóbi, capital do Quênia.

“A economia verde também significa que não podemos continuar contaminando como estamos fazendo”, acrescentou. “A metade dos leitos hospitalares do mundo está ocupada por gente doente por causa de água suja ou sem potabilidade”, reforçou.

Glenn Denning, professor na Universidade Columbia, de Nova York, deu como exemplo o renascimento agrícola do Malauí como modelo de uma economia verde que ajuda a reduzir a pobreza e melhorar o nível de vida da população.

“O que vimos no Malauí é que quando se estimula a agricultura e se promove a produtividade agrícola, as pessoas começam a fazer suas economias”, afirmou. “Uma das primeiras coisas que fazem é comprar um celular”, acrescentou.

Segundo os especialistas, a alternativa a se transformar a economia mundial é mergulhar em uma crise climática ainda mais profunda.

Eles alertaram que a confiança pública nos cientistas que denunciam o aquecimento do planeta diminuiu no ano passado, quando os líderes mundiais fracassaram, na COP15, celebrada em dezembro em Copenhague, a formalizar um acordo sobre uma resposta comum às emissões de gases-estufa e os argumentos científicos que sustentam a tese da elevação da temperatura na Terra foram questionados.

“Enfrentamos uma crise de confiança, começando pela confiança na ciência”, comentou Desai.

Mark Cane, professor de Ciências Climáticas da Universidade de Columbia, disse que tanto os governos quanto os cidadãos não estão dispostos a adotar medidas que evitem o que chamou de desastre iminente.

“Infelizmente, é preciso que haja algum tipo de crise ou de ameaça que sintam de forma realmente visceral”, destacou o professor, que falou de Nova York.

“Não acho que nada aconteça até que a natureza comece a se manifestar, até que comecemos a ver os efeitos e que as pessoas comecem a se preocupar”, emendou Wallace Broecker, professor de Ecologia na mesma universidade.

“Se o gelo do Ártico desaparecer em 20 anos, isto será um sinal muito forte de que as coisas estão mudando”, exemplificou Broecker.

Matéria extraída da revista Isto È dinheiro em www.istoedinheiro.com.br

Visite a nossa loja, nós praticamos a economia verde

 www.camisetafeitadepet.com.br

Share